RECOMENDAÇÃO CRISTÃ: NOSSA SUFICIÊNCIA EM CRISTO – J. MACARTHUR

Foto Post Facebook VERDE nossaJanela Literária Cristã apresenta a resenha de “Nossa Suficiência em Cristo” de John Macarthur:

John Macarthur é conhecido por ser um pastor com ideias legitimamente radicais. Seu ministério fundado em 69, até hoje traz grande repercussão por alertar e denunciar práticas indevidas do meio evangélico oriundas das igrejas cristãs dos EUA. Esse livro, portanto, pode ser traduzido como o resumo de toda a condenação exposta por Macarthur das práticas cristãs mais equivocadas do mundo contemporâneo. É um verdadeiro conjunto de “tapas na cara” de forma totalmente objetiva e direta. Um primor de obra que não será engolida facilmente por qualquer pessoa. As condenações se resume a 3 linhas: psicologia, pragmatismo e misticismo.
Confesso que fiquei com certo temor de ler este livro. Apesar de acreditar na linha reformada, Macarthur é essencialmente radical em suas postura teológica, o que pode causar espanto em qualquer pessoa que não segue uma religião mais tradicional. A questão é que me impressionei com o livro. De fato, ele é extremamente radical, mas em nenhum momento ele se deixa explanar apenas por opiniões pessoais, pois a Bíblia é utilizada de maneira eficaz a justificar todas as condenações expostas. O livro é admiravelmente bem escrito e bem conceituado, ao mesmo tempo, em que possui uma linguagem simples, que pode ser compreendida por qualquer pessoa.

Falando sobre as linhas de alerta, gostaria de expor minhas opiniões para cada uma delas:

Psicologia: essa com certeza foi a linha mais difícil para a leitura. Macarthur é bastante direto quando afirma não acreditar em aconselhamento cristão ou psicologia cristã. Após a leitura desse capítulo posso dizer que concordo com ele. Não que eu me deixe levar prontamente por tudo que ele expôs, mas porque as justificativas nas Escrituras são realmente mais suficientes. Acredito que muitas pessoas que não concordam com esse aspecto não tenham entendido muito bem o que o autor quis expressar. Macarthur em nenhuma hipótese condena a psiquiatria para pessoas que sofreram traumas graves no passado ou que são fisicamente doentes, porém, a maior parte dos traumas da sociedade vem do ego, autoestima e suficiência, o que é verdade, vamos combinar. Para esses tipos de pertubações, as Escrituras são claramente suficientes.

Pragmatismo: Eu entendo perfeitamente que os meios estudados para atrair o homem é completamente indevido e muita das vezes, apenas insuficientes. A soberania de Deus é totalmente descartada quando o ser humano a substitui apenas pelo conhecimento proveniente do homem. As pessoas utilizam de meios seculares para atrair pessoas a Cristo, descartando o poder espiritual que pode mover e fazer as devidas maravilhas. Macarthur expõe perfeitamente esse mal encontrado em muitas igrejas.

Misticismo: esse tema, o autor sabe mais do que ninguém. Hoje, muitas igrejas consideram que devemos ter necessariamente visões ou experiências místicas para provar nossa interação com o mundo espiritual. Macarthur expõe que os apóstolos de Cristo tiveram muitas dessas experiências mas o que eles mais enfatizavam era o poder provindo da verdade, ou seja, das Escrituras. No livro, temos exemplos do cotidiano que exemplifica esse tipo de engano.

Para finalizar, recomendo essa obra para todo cristão que deseja conhecer a suficiência de Cristo em suas vidas. Muita das vezes, procuramos a resposta em livros, experiências e em pessoas, algo que só pode ser respondido com joelho no chão e conhecimento. É necessário ler essa obra com a mente aberta e livre de preconceitos, pois, ela procura exaltar a maior fonte de poder provinda do Evangelho: a verdade da Palavra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s