Recomendação Cristã – Perdido sem você – Lycia Barros

Foto Post Facebook VERDE perdido sem vocêJanela Literária apresenta a resenha de “Perdido sem você”, de Lycia Barros:

Após minha decepção com o último livro da Lycia Barros, fiquei com um pé atrás de ler a história de Dante, vivenciada no mesmo universo do primeiro livro A Bandeja. Esse receio não foi a toa, pois, o segundo livro na série que é focado no personagem Rico, se tornou uma tremenda bomba a cada lida de páginas que eu fazia. O livro tem ensinamentos perigosos para a vida do jovem cristão, não enfatizando no “vigiai para não cair em tentação” e sim no amor e erotismo dos protagonistas.

Perdido sem você focará no personagem Dante, atual namorado de Angelina. Em A Bandeja, Dante foi um exemplo de homem de Deus, ensinando Angelina e orientando sobre a Palavra, porém, neste novo livro, ele se vê dominado pelas redes sociais e pelo afastamento do Senhor provocado pelo suposto sucesso feito pela sua banda. Apesar do livro ter algumas ressalvas perigosas, não posso considera-lo tão ruim quanto o anterior e acredito que seja devido a personalidade de Dante, que sempre considerei o mais cristão de toda a roda de amigos que conhecemos desse universo.

Falando sobre os pontos positivos da obra, posso ressaltar novamente a narrativa bem desenvolvida da autora, ela realmente consegue te prender na história, o que é talento para poucos. Lycia me lembra muito a Collen Hoover, em todos os aspectos semelhantes das histórias de ambas. Outro fator positivo é que finalmente temos aqui uma história sobre um jovem cristão passando por dificuldades e tentações do cotidiano como qualquer outro jovem, mas tentando se manter firme na fé. Um personagem muito bem desenvolvido por sinal, que nos identificamos de cara. Suas lutas, aflições e tentações são muito reais, mostrando como o mundo consegue seduzir completamente suas vítimas, tentando desvia-las de Deus pela falta de comunhão e oração.

Mas nem tudo são flores, algumas ressalvas continuam perigosas e incorretas para o jovem cristão. Eu realmente não consegui ver algo de engraçado no amigo de Dante, que sempre brincava com seu amigo com piadinhas sujas e incentivando que o mesmo caísse. Esse tipo de amizade deve ser desconsiderada, porque o verdadeiro amigo vai te apoiar na sua vida com Deus. Senti que tanto para Murilo, quanto para Desiree não houve uma consequência de suas más atitudes, o que sabemos que na vida real não seria bem assim. Apesar de Dante parecer um jovem forte e arrependido, senti que algumas frases que ele dizia em seus pensamentos também eram indevidas, apesar que ele já estava afastado da presença do Senhor, o que torna compreensível.

A história, apesar de curta, é completa e possui alguns ensinamentos muito edificantes. Posso dizer que assim como A Bandeja, esse livro é bom, com exceção das ressalvas perigosas que identifiquei e considero o segundo livro uma tremenda bomba, que diference bastante desse. É interessante acompanhar a vida de um jovem que se deslumbra com o sucesso e esquece de Deus (absurdo também, a atitude idólatra das fãs do Dante), pois, sabemos que o mundo está para nos oferecer tudo, mas Deus tem sempre o melhor: Ele mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s